(64) 3623-4457

(64) 99296-8000

CONTATO | ANÚNCIE

Criminosos roubam casa paroquial e fazem padre e fiéis reféns, em Jataí
Notícias / Atualizado em 22/02 às 06h 31min

criminosos invadiram a casa paroquial de uma igreja e, durante o roubo, fizeram seis pessoas reféns neste domingo (21), em Jataí, no sudoeste de Goiás. Eles levaram um carro, dinheiro e celulares das vítimas e equipamentos eletrônicos. Um homem foi preso suspeito do crime.

Os criminosos entraram primeiramente na igreja. Eles arrombaram a janelas no fundo do prédio. Eles chegaram a pegar o sacrário, armário onde ficam as hóstias, mas abandonaram o objeto do lado de fora. O padre Valdinei Nascimento de Sousa acredita que os homens acharam que era um cofre.

Em seguida, deixaram a igreja, pularam o muro e foram até a casa paroquial. No local, eles reviraram os cômodos, deixaram caixas de papelão onde seriam transportados os itens roubados, além de várias garrafas de cerveja vazias. “Eu acho que eles passaram mais de quatro horas aqui dentro de casa, despreocupados. Comeram, beberam, fizeram o que quiseram”, contou o padre.

No momento do crime, o padre comemorava o aniversário com um grupo de fiéis fora do local do crime. Quando voltou para casa, foi rendido pelos dois criminosos. Um segundo religioso e mais quatro pessoas que estavam com ele também foram feitos reféns.

“Eu não sei nem falar qual foi minha reação. Eu não tive medo. Eu procurei tranquilizar a eles e as pessoas que estavam conosco”, disse o padre.

Um dos reféns, que não quis se identificar, chegou a ser espancado. “Não caiu a ficha que era um assalto. Quando eu olhei para eles, um deles me deu um chute na boca. Aí o sangue desceu e nesse momento deu vontade de chorar. Eu senti que Deus deu mais uma chance para a gente viver”, relatou.

O padre conta que, durante o assalto, o celular dele discou sozinho para um amigo, que avisou a polícia imediatamente. “Eu ouvi na hora que a pessoa falou que se tivesse mais alguma coisa na casa, ia matar todas as mulheres que estavam deitadas no chão”, contou o homem que não quis se identificar.

Quando a polícia chegou até o local, os criminosos já tinham fugido. Porém, conseguiram recuperar o veículo que a dupla usou para fugir e que pertencia a uma das vítimas. Poucas horas depois, um suspeito, de 20 anos, foi preso. Ele já tem passagens pela polícia.