(64) 3623-4457

(64) 99296-8000

CONTATO | ANÚNCIE

Estudo sugere ligação de vírus da zika com outra doença neurológica
Notícias / Atualizado em 11/04 às 08h 52min

Médica identificou zika em casos de encefalomielite aguda disseminada. Doença pode deixar sequelas motoras, cognitivas e visuais.

O vírus da zika pode estar associado a outra doença neurológica segundo um estudo brasileiro que será apresentado esta semana na Reunião Anual da Academia Americana de Neurologia em Vancouver, no Canadá. A neurologista Maria Lucia Brito Ferreira, médica do Hospital da Restauração, do Recife, identificou dois casos de encefalomielite aguda disseminada em pacientes que tiveram resultado positivo para zika.

A encefalomielite aguda disseminada é uma doença grave que acomete o cérebro e a medula espinhal com o ataque da mielina, substância que reveste as células nervosas. Segundo Maria Lucia, grande parte dos pacientes ficam com sequelas motoras, cognitivas ou visuais que podem ser leves, moderadas ou severas.

Maria Lucia afirma que, em anos anteriores, o Hospital da Restauração costumava receber no máximo três casos de encefalomielite aguda disseminada ao ano. Durante a epidemia de zika, foram sete casos em apenas um semestre. No caso da síndrome de Guillain-Barré, o aumento foi percebido de forma mais intensa: o hospital, que recebia cerca de 15 casos anuais, atendeu cerca de 60 casos no último ano.